quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Encruzilhada da vida...

Olho em volta
nada vejo
Estou só

a vida parou
e tu seguiste
fugiste
escapaste

eu chamei por ti
nao olhaste
apenas sorriste

ai! se pudesse voltar no tempo
fugiria tambem
aquele dia cinzento

nao olhaste
apenas sorriste
e deixaste me ficar

agora uma duvida resta
seguir ou esperar?


Sem esperança...

2 comentários:

Andreia Sampaio disse...

Seguir sempre.. Como se costuma dizer não chores sobre o leite derramado... Se as coisas mudam é porque existe algum motivo para tal. Nada é em vão certo? Segue em frente, não tenhas medo! Quem tiver que passar na nossa vida passa, é o fado...

PS: hoje não estou para pensar no que escrever.. há dias assim :P

Joana disse...

hmmm...tenho 3anos pra ler todos os teus poemas, alias, uma vida... pq amigos sao pa smp!
Quero-te bem minha peste*
Gosto-te* :D